BEM-VINDO ÀS NOSSAS MEDITAÇÕES DIÁRIAS
Boa Semente - 17/1/2021
DEPENDENTES DA PLENITUDE DA GRAÇA

“E todos nós recebemos também da sua plenitude, e graça por graça”

João 1:16 

  

"A graça e a verdade vieram por Jesus Cristo". Não foi comunicada a nós por meio de um mediador, como a lei foi por meio de Moisés; mas a graça surgiu em sua plenitude e perfeição na Pessoa de Cristo. Porque nós estávamos "mortos em ofensas e pecados" (Efésios 2:1), precisávamos da Sua graça. Em Cristo, Deus revelou um amor para conosco, que de forma alguma merecíamos.

 

Depois de receber Sua graça, mesmo sendo pecadores, e nos tornarmos filhos de Deus, nós ainda precisamos da graça divina diariamente, a cada hora, de fato, em todos os momentos. Mas Deus não nos tem dado toda a graça que nós precisamos em nossa vida de uma só vez. Ele deseja ter comunhão com os Seus filhos. A comunhão que nós temos com Ele dia a dia, forma a estrutura, se assim podemos dizer, na qual Deus nos fornece a medida da graça necessária. Nós, portanto, obtemos a graça somente para o momento em questão. Sendo justificado pela fé, aquele que crê tem o seu lugar na graça por todo o tempo. Todavia, depende de nós aproveitarmos do acesso que temos vez após vez (cf. Romanos 5:2).

 

Devemos fazer mais uso desse privilégio: "Cheguemos, pois, com confiança ao trono da graça, para que possamos alcançar misericórdia e... sermos ajudados em tempo oportuno" (Hebreus 4:16).

 

É exatamente a plenitude da graça disponível a nós, que viemos a conhecer, que nos torna conscientes de nossa dependência dela. Ela destrói qualquer confiança prejudicial que tenhamos em nós mesmos e, em vez disso, nos dá a perfeita confiança no nosso Pai, a fonte de graça.   

 

Extraído do devocionário Boa Semente 2021
Depósito de Literatura Cristã
www.boasemente.com.br
pedidos@boasemente.com.br

 Busca Local
"Quem traz uma candeia para ser colocada debaixo de uma vasilha ou de uma cama? Acaso não a coloca em um lugar apropriado?
Porque não há nada oculto, senão para ser revelado, e nada escondido senão para ser trazido à luz.
Se alguém tem ouvidos para ouvir, ouça!
Considerem atentamente o que vocês estão ouvindo".
(Marcos 4:21-24)
 Minhas Crônicas
2020
2019
2018
2017
2016
2015
2014
2013
2012
2011
2010
2009
2008
 Contato
Fale com o autor
 Links
Boletim dos Obreiros
 Copyright 1/1/11
Todos direitos reservados ao autor. Caso deseje publicar alguma matéria contida neste site, solicito que sejam citados a origem e o autor, como convém. Bem haja!